Engenheiro naval Ricardo Rinaldi assume o comando na restauração do Cisne Branco


O trabalho de restauração do Barco Cisne Branco está sob responsabilidade do engenheiro naval Ricardo Rinaldi, que acaba de assumir a supervisão técnica da obra. Ele vem acompanhando todo o processo e afirma que, apesar dos danos sofridos na tempestade de 29 de janeiro em Porto Alegre, a embarcação está em bom estado. “Qualquer restauração se justifica pela tradição e história da embarcação”, destaca ele.


Com experiência de mais de 27 anos trabalhando com construção e reforma de embarcações, o Eng. Rinaldi afirma que “a embarcação tem sua estrutura em ótimas condições por ter cumprido um programa de manutenção periódica e apesar dos 38 anos de idade, a estrutura foi mantida dentro dos padrões de segurança, fazendo com que o casco tenha grande parte das chapas novas e até com espessuras acima do necessário”.


Atualmente está sendo avaliado todo o histórico do barco, a partir de projetos existentes, e fazendo adequações usando o que há de mais moderno para atender as normas vigentes de segurança. No novo projeto serão usados materiais versáteis, novas tecnologias e sistemas, além de todo o isolamento térmico e acústico que está sendo readequado. Além disso, estão sendo providenciadas as reformas dos sanitários com acessibilidade, ampliação da cozinha, melhorias na proa e também das acomodações da tripulação.


Um dos grandes objetivos do restauro é não mudar a “cara” do Cisne Branco preservando seu charme, sem com isso deixar de modernizar e deixa-lo mais aconchegante. Todo o mobiliário, forração, janelas e detalhes estão sendo projetados por equipe de arquitetos, incluindo o novo sistema de luz e som da embarcação. O cronograma da obra está dentro do tempo previsto para a conclusão e retorno à navegação marcada para o dia 27 de setembro próximo.


Ricardo Rinaldi estudou Engenharia Naval na Universidade de Buenos Aires e na USP (Universidade de São Paulo). Desde 1989 é especializado em restaurações de embarcações esportivas, grandes estaleiros, barcos de pesca e rebocadores com necessidades de obras na área naval. Um de seus trabalhos mais marcantes foi à transformação de uma embarcação da marinha irlandesa, de 68 metros, em Iate no período de 2007 a 2012.

Destaque
Recentes
Arquivo
Tags

​​​​© 2018 por Doxxa | Conteúdo e Relacionamento

CONTATO:

 

SIGA:

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle